Como saber se uma loja online é confiável nesta Black Friday?



Maior empresa de ecommerce do Centro-Oeste, Syscoin Commerce traz orientações de como fugir de golpes de crimes cibernéticos antes de realizar compras pela internet durante essa grande liquidação

 

 

Historicamente, a Black Friday (27 de novembro) nasceu no varejo tradicional, sendo praticado nas lojas físicas. Porém, com a pandemia do novo Coronavirus que orienta que o público evite os lugares fechados, este ano é esperado que essa grande campanha de vendas seja a mais forte no ambiente online dos últimos tempos, sendo bastante tendenciosa para o ambiente virtual.

 

Uma pesquisa realizada pela Rakuten Advertising, revelou que 87% das pessoas querem ir às compras para o Natal e que 57% consideram participar da Black Friday neste ano. Além disso, o estudo revela que 86% desejam fazer suas compras pela internet.

 

Muitos consumidores veem promoções incríveis na internet e ficam com receio de passar o cartão de crédito ou pagar o boleto. Isso acontece porque todo dia surgem golpes novos na internet. As projeções de crescimento do comércio eletrônico no país indicam que a Black Friday deste ano tem o potencial de ser a maior da história no ambiente digital.

 

O consultor de tecnologia da Syscoim, Luís Felipe Taveira traz orientações para que a sociedade não seja vítima de um crime digital nesta Black Friday:

 

            1. Desconfie de promoções absurdas. Muitos criminosos criam sites falsos ou até mesmo enviam e-mails se passando por outras instituições. O nome dessa prática é 'Phishing'. O objetivo dos criminosos nesse caso, é induzir a vítima a inserir dados pessoais e bancários para aplicar algum golpe financeiro nela, como por exemplo, capturar o número do seu cartão de crédito.

            2. Se for fazer compras online, fique atento se o endereço do site tem algum nome estranho. Procure sempre pelo cadeado na barra de endereços. Nunca insira o cartão ou outros dados em um site sem o cadeado.

            3. Se encontrar uma promoção em alguma rede social, visite o perfil da loja. É importante ter atenção em: a) comentários dos posts (se tem reclamação de clientes e se a empresa interage); b) se o perfil mudou de nome recentemente; c) mandar uma mensagem pra loja à respeito do produto que deseja comprar e aguardar o retorno do estabelecimento; As fraudes nesse meio estão cada vez mais comuns. Algumas delas inclusive são impulsionadas por posts patrocinados, portanto, tenha bastante atenção.

            4. Utilizar o serviço Reclame Aqui. Pesquisar o nome da loja nos sites de busca e inserir a palavra 'golpe' em seguida. Se começar a aparecer resultados de produtos não entregues ou de qualidade aquém do esperado, é recomendável não efetuar a compra.

            5. Políticas de Troca e Devolução - Verificar se o site possui uma. Prestar atenção em erros de português. Normalmente sites fraudulentos simplesmente copiam o texto de outros sites.

            6. Sites do Governo - Procurar pelo CNPJ da empresa no site da Receita Federal (Pesquisar "consulta CNPJ receita" - é o primeiro resultado) e no site do Procon. 

 

Serviço: E-commerce: prepare o seu negócio para a Black Friday

Endereço: CA 01, SALA 469 SHOPPING DECK NORTE - Lago Norte, Brasília

Telefone: (61) 3968-1540

Site: https://syscoin.com.br/