CEB faz mutirão para instalar medidores de energia

Entre 29 de janeiro e 2 de fevereiro, equipes da companhia farão visitas a domicílios para efetuar, na hora, a ligação do relógio
 
Resultado de imagem para ceb Pensando no melhor atendimento e no conforto do consumidor, a CEB Distribuição promoverá um mutirão para intensificar o processo de instalação de medidores de energia elétrica nas URBs 001 e 005 (equivalente à área que vai das quadras 6 a 10), no Setor Habitacional de Arniqueira. Entre 29 de janeiro e 2 de fevereiro, equipes da Companhia Energética de Brasília (CEB) farão visitas a domicílios para efetuar, na hora, a ligação do relógio.

Após 11 anos de embargo judicial, a região de Arniqueira pode receber obras necessárias à implantação de infraestrutura elétrica. Durante o mês de janeiro, a CEB disponibiliza para a comunidade um posto móvel de atendimento situado na administração regional da cidade, onde o cliente poderá se cadastrar para regularizar a unidade consumidora. A CEB também realizou visitas em domicílios para a divulgação da ação e análise técnica das condições da rede elétrica para a ligação de energia.
“As ligações clandestinas comprometem a qualidade do fornecimento de energia, são práticas perigosas e podem colocar em risco a vida das pessoas”Edison Garcia, diretor-geral da CEB Distribuição

Nas três semanas de campanha, apenas 79 das 950 unidades visitadas pelas equipes da CEB procuraram o posto de atendimento para solicitar o serviço. Para comodidade da população, a companhia facilitará tal acesso indo até a residência do cliente.

“É muito importante para a população o fornecimento regular de energia, porque, além de proporcionar um comprovante de residência, o cidadão também terá direito à solicitação de serviços junto à companhia”, explica o diretor de Atendimento ao Cliente e Tecnologia da Informação, Gustavo Alvares.

O presidente da CEB Holding e diretor-geral da CEB Distribuição, Edison Garcia, reforça que a regularização da prestação de serviços de fornecimento de energia elétrica atua no combate das ligações clandestinas, que prejudicam a arrecadação da distribuidora.

“As ligações clandestinas comprometem a qualidade do fornecimento de energia, são práticas perigosas e podem colocar em risco a vida das pessoas. Por isso pedimos que a comunidade de Arniqueira permita a entrada das equipes da CEB nas suas residências para a instalação dos medidores”, afirma Garcia.

Para a segurança dos clientes, a direção da CEB relembra que as equipes andam uniformizadas e utilizam veículos com o selo da companhia. Além disso, o número da matrícula registrado nos crachás dos eletricistas pode ser consultado por meio da central 116.
 
Resultado de imagem para ceb