Entrevista com Paulo Roberto Melo presidente da ASSOSÍNDICOS-DF


Em uma manhã de trabalho no dia do síndico o portal visitou o presidente da ASSOSÍNDICOS-DF, o Síndico Paulo Roberto Melo, que nos concedeu uma entrevista exclusiva Melo é um jovem síndico, fundador da Associação de Síndicos de Condomínios Comerciais e Residenciais Distrito Federal – ASSOSÍNDICOS-DF, Paulo também fez uma balanço de sua gestão á frente da ASSOSÍNDICOS-DF.

A probabilidade de a presidente Dilma Rousseff sofrer um impeachment subiu para 50%, segundo a consultoria política Arko Advice. "Os acontecimentos da semana passada fortaleceram o movimento em favor do impeachment", escreveram os analistas da consultoria em relatório enviado a clientes

Foto: Internet.

Governo de Brasília promove uma série de atividades, com brincadeiras, contadores de histórias, música e teatro no feriado de segunda-feira (12)

O Dia das Crianças será muito animado em todo o Distrito Federal. A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, em parceria com o Gabinete de Apoio da primeira-dama Márcia Rollemberg e a Administração Regional do Recanto das Emas , promoverá a festa para a criançada do Recanto das Emas se divertir e celebrar a data. A festa será na Avenida Monjolo, Quadra 310/510, na segunda-feira (12/10), a partir das 10 horas


A programação da festa do Recanto das Emas incluirá brincadeiras, contadores de histórias, atividades esportivas, teatro, pintura de rosto, brinquedos infláveis, música, distribuição de brindes e lanche. Com todas as atividades serão feitas por artistas da cidade.  "O evento do dias das crianças no Recanto das Emas é uma união de esforços do Governo de Brasília, através da Secretaria da Criança, do Gabinete de Apoio da primeira-dama e a Administração Regional do Recanto das Emas, com o apoio de empresas e servidores para servir as crianças do Recanto das Emas" Falou o Administrador Regional do Recanto das Emas, Fábio Ávila.

Liliane avalia a relação da Câmara Legislativa com o Governo de Brasília e afirma que é preciso unir forças para que a cidade consiga passar por essa atual situação de crise financeira. Define como a principal meta do seu mandato as ferrovias Luziânia-Brasília e Brasília-Goiânia. Liliane fala abertamente que pretende prosseguir com aquilo que Joaquim Roriz iniciou quando foi governador de Brasília, e se vê como a renovação da imagem do pai.

Foto: Daniel Cardoso.

Qual o balanço que a senhora faz dos primeiros meses deste mandato em frente à Câmara Legislativa?
Eu sou uma pessoa muito otimista, acho que aprendi isso com o meu pai (Joaquim Roriz). Ele sempre nos ensinou a acreditar no dia de amanhã e que as coisas podem ser melhores. Eu tenho motivo para comemorar, porque eu lutei pela cidade, cobrei do governador (Rodrigo Rollemberg). O primeiro pacote de janeiro foi bem complicado, mas nós estivemos presente ao lado dele. Posteriormente, ele enviou o outro pacote de venda das estatais (como CEB, CAESB, BRB) e eu fui a primeira pessoa da Câmara Legislativa a ir contra essas medidas. Mas o governador teve bom senso e retirou o projeto da Casa. Também derrubamos alguns vetos, e nesse segundo semestre tenho a perspectiva de derrubar o veto sobre a PL do ICMS dos remédios genéricos. Brasília está passando uma crise financeira, mas esse projeto estava dentro do pacote dele. Então, achei que foi uma contradição muito grande ele vetar um projeto que ele mesmo havia enviado para a Câmara. Embora muita gente ache que é institucional, eu não entendi desta forma, já que o próprio Executivo enviou esse projeto.

Secretarias e administrações enviaram planos de cortes. A redução de despesas é condição obrigatória, já que o DF ultrapassou limite da Lei de Responsabilidade Fiscal

Em consonância com as medidas anunciadas para colocar Brasília novamente dentro do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o governador Rodrigo Rollemberg vai anunciar a nova estrutura do Executivo local em 13 de outubro. Entre as ações para reequilibrar as finanças estão a redução de pelo menos 20% das despesas com cargos comissionados e o corte no número de secretarias — de 24 para 16 — e de administrações regionais — de 31 para 24.

Os órgãos enviaram à Secretaria de Gestão Administrativa e Desburocratização os planos de corte nas próprias estruturas. Agora, a pasta realiza estudos técnicos para avaliar as sugestões. A Câmara de Governança Orçamentária, Financeira e Corporativa do DF participa do processo, para garantir que as reduções necessárias sejam feitas segundo as regras da Lei de Responsabilidade Fiscal. Além da própria Secretaria de Gestão Administrativa, o colegiado é formado pelos titulares da Casa Civil, da Secretaria de Fazenda, da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão e da Procuradoria-Geral do DF.

ASC Service – Segurança Patrimonial oferece um conceito de segurança de alta inteligência com prevenção, implantação de um Sistema Integrado de Segurança e elaboração da análise de riscos que possam afetar seu patrimônio.


Oferecemos:
Vigilância armada e desarmada para empresas privadas e órgãos Públicos.;
Agentes especiais para eventos empresariais, esportivos e shows;
Vigilância temporária para shoppings e lojas;
Ronda motorizada eletrônica;
Supervisão e Gerenciamento em Segurança Empresarial;
Consultoria em Segurança – Planejamento especializado.

De segunda-feira (14) a sábado (19), a carreta ficará no estacionamento do Restaurante Comunitário do Riacho Fundo II

Até setembro, 12 regiões administrativas receberiam durante uma semana a Caravana da Juventude Negra. A partir desta segunda-feira (14), até sábado (19), a carreta estacionará no último destino do planejamento inicial: Riacho Fundo II. Os interessados vão encontrá-la no estacionamento do Restaurante Comunitário, na 1ª etapa, QN 10, Conjunto 1.

O objetivo do projeto é promover a inserção de jovens negros no mercado de trabalho, focando em áreas atrativas para essa faixa etária, como a tecnologia da informação e o audiovisual.

Na comemoração do 22º aniversário da região administrativa, moradores ganharam uma manhã com lazer e prestação de serviços

Foto: Toninho Tavares.

A entrada do Parque Ecológico e Vivencial Recanto das Emas foi palco de diversas atividades culturais e esportivas da 1ª Virada Recanto Sustentável. O projeto faz parte da programação do 22º aniversário da região administrativa, comemorado nesta semana. O evento, promovido na manhã deste sábado (1º) pela administração regional e em parceria com a organização não governamental Instituto de Esportes Radicais e de Ação, teve como principal objetivo apresentar aos moradores as áreas verdes da região e conscientizá-los da importância da preservação do meio ambiente.

Abertas as inscrições para o Curso Básico de Síndico na Samambaia da Escola de Síndicos da ASSOSÍNDICOS/DF. O curso é exclusivo para síndicos que desejam conhecer mais sobre seus direitos e deveres dentro de um condomínio

A Escola de Síndicos ASSOSÍNDICOS do Distrito Federal abriu, esta semana, inscrições para o Curso Básico de Síndico, com o intuito de capacitar profissionais que atuam em condomínios dos edifícios de Brasília. Os inscritos receberam certificados valido em todo o território nacional.


A gestão de um prédio residencial não é uma tarefa superficial, pois precisa ser realizada com uma capacitação adequada. Motivo fundamental para o síndico conhecer os papéis a serem cumpridos. Esses papéis necessitam de competência para serem realizados com sucesso, pois é preciso saber mediar os conflitos entre vizinhos e o síndico. “O síndico é uma pessoa cada vez mais ativa e inteirada dos assuntos do dia a dia com muito trabalho e empreendedorismo’’, destacou o presidente da ASSOSÍNDICOS/DF, Síndico Paulo Roberto Melo.

Com o intuito de capacitar os profissionais que atuam nas áreas internas dos prédios, estão abertas as inscrições para o Curso Básico de Síndico até o dia 15 de agosto de 2015, oferecido pelo programa Escola de Síndicos da ASSOSÍNDICOS/DF, localizado no auditório da Administração da Samambaia. O projeto foi elaborado pela Associação com o apoio do SINDCODOMÍNIO. Com 40 horas-aula, e 50 vagas os participantes do receberam o certificado de participação do Curso Básico de Síndico.

Denominado Praça do Mercado Imobiliário, local destinado a Corretores de Imóveis e imobiliárias estará disponível em todas as Regiões Administrativas do Distrito Federal

Foto: Paulo Roberto Melo

Denominado Praça do Mercado Imobiliário, local destinado a Corretores de Imóveis e imobiliárias estará disponível em todas as Regiões Administrativas do Distrito Federal. A primeira a inaugurar a praça será a Região do Lago Sul.

No último dia 09 de julho, os Corretores de Imóveis e imobiliárias alcançaram mais uma vitória: a criação da Praça do Mercado Imobiliário. Trata-se de espaço físico cedido pelas Administrações Regionais ao comércio de imóveis, praticado por Corretores e empresas imobiliárias.

Serviço estará no local de segunda a quarta-feira, das 9 às 17 horas

O programa Administração na Sua Quadra, da Administração Regional do Riacho Fundo II, chega à 17ª etapa na próxima semana. De segunda (6) a quarta-feira (8), das 9 às 17 horas, os moradores da QC 6 poderão passar as demandas da comunidade à Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) — que também vai emitir a segunda via de contas de água —, ao Centro de Referência da Assistência Social (Cras), ao Corpo de Bombeiros e à Polícia Militar. O Banco de Brasília (BRB) estará presente com uma agência itinerante.

Trabalho da Controladoria-Geral do DF contribuirá para a investigação aberta na Câmara Legislativa, além de orientar o governo com relação a possíveis mudanças no sistema

A Controladoria-Geral do Distrito Federal iniciou nesta semana auditoria para avaliar o sistema de transporte público coletivo. A fase de planejamento foi encerrada, e agora os auditores analisarão os contratos com as empresas de ônibus para verificar se o formato é vantajoso ao governo de Brasília e, consequentemente, à população. O trabalho está sendo conduzido pela Subsecretaria de Controle Interno do órgão fiscalizador e tem prazo de 60 dias para ser concluído, sujeito a prorrogação.

Desde 29 de junho, auditores fiscais de transporte verificaram itens em 1.052 veículos com foco na acessibilidade

Foto: Redação.

A Secretaria de Mobilidade retirou temporariamente de circulação 62 ônibus de empresas de transporte público de Brasília durante a operação Hefésto, que tem como meta fiscalizar o cumprimento das regras de acessibilidade. Durante a ação, que começou em 29 de junho e termina nesta sexta-feira (3), foram vistoriados 1.052 veículos e autuados 118. Nesta manhã, 26 motoristas e cobradores notificados participaram de oficina educativa sobre o tema no Terminal da Asa Sul.

A iniciativa foi dividida em três fases. Na primeira, auditores fiscais de transporte da secretaria vistoriaram as maiores garagens das cinco operadoras que operam na capital. Na segunda, servidores à paisana acompanharam pessoas com algum tipo de deficiência — que utilizam o sistema — para analisar a conduta dos rodoviários. Na última etapa, foram analisadas as reclamações dos usuários — feitas por meio do número 162 da secretaria — e convocados motoristas e cobradores para treinamento.

Atendimento será de segunda (22) a quarta-feira (24), das 9 às 17 horas

O programa Administração na Sua Quadra contemplará a população do Caub II, no Riacho Fundo II, de segunda (22) a quarta-feira (24). Durante os três dias, das 9 às 17 horas, próximo ao salão comunitário, haverá atendimento de órgãos como o Banco de Brasília (BRB), a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), o Corpo de Bombeiros e as Polícias Militar e Civil. Além disso, o administrador da região, Vicemar Medeiros, estará no local para ouvir os moradores.

O Programa FALA SÍNDICO apresentado pelo síndico Paulo Roberto Melo que tem o slogan – a voz do síndico em sua cidade, estreia no dia 25/06 na sua Rádio Federal.


O programa “ FALA SÍNDICO”, toda quinta-feira, das 17h30 às 19h30, é apresentado pelo jornalista, corretor, administrador e síndico Paulo Roberto Melo. Muita descontração, entrevistas com personalidades condominiais e debates sobre o trabalho de síndicos, gestão condominial, legislação condominial, manutenção condominial, responsabilidade social e politica.

São 2 horas de dicas para síndicos e moradores, debates e jornalismo com muito entretenimento. O programa é ao vivo, toda quinta-feira, das 17h30 ás 19h30.

Empresas do setor de serviços já podem se inscrever para receberem o Selo de Certificação e Qualidade que foi lançado na quinta-feira (11), no auditório da Câmara Legislativa do DF

Foto: Bertoldo Neves
A deputada Liliane Roriz, vice-presidente da CLDF e convidados no lançamento do Selo

As entidades ligadas a condomínios e a prédios residenciais e comerciais do Distrito Federal comemoram o lançamento oficial do “Selo de Certificação e Qualidade”, como instrumento de diferenciação das empresas de boa índole e reputação no setor de serviços.

A solenidade de oficialização do selo de qualidade aconteceu na quinta-feira (11), no auditório da Câmara Legislativa do DF, e foi realizada pela Associação das Empresas Prestadoras de Serviços para Condomínios e Mercado Privado do Distrito Federal e Entorno (Asprecon), em parceria com o Sindicato dos Condomínios Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (Sindicondomínio-DF) e Sindicato dos Trabalhadores em Imobiliárias e Condomínios do DF (Seicon-DF), com apoio da Câmara Legislativa, das Associação de Síndicos e Subsíndicos do Distrito Federal (Assosíndicos-DF) e do Banco de Brasília (BRB). O cerimonial foi realizado pelo jornalista Fred Ferreira.

O evento contou com a participação da vice-presidente da CLDF e deputada distrital, Liliane Roriz; do presidente do Sindicondomínio-DF, José Geraldo Pimentel; da diretora de distribuição e vendas do BRB, Kátia de Queiroz; do presidente da Assosíndicos-DF, Paulo Roberto Melo; do presidente da Seicon-DF, Afonso Lucas Rodrigues; do presidente da Vale Shop, Marconi de Souza; do presidente do Creci-DF, Hermes de Alcântara; e o presidente da Asprecon, Carlos Alexandre Hoff. 

Programa facilita acesso de moradores a órgãos do governo para reivindicar melhorias em serviços públicos


Termina nesta quarta-feira (17) mais uma etapa do programa Administração na Sua Quadra, no Riacho Fundo II. Durante três dias, na QN 8, os moradores terão acesso facilitado a órgãos que prestam serviços públicos, como a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb). Das 9 às 17 horas, a população poderá, por exemplo, emitir segunda via de conta de água e registrar queixas sobre vazamentos. Já no módulo do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social, serão atendidas pessoas em situação de vulnerabilidade.



*Assim como o mundo político e a sociedade, que ainda torcem e esperam pelo início do atual Governo de Brasília, vi com surpresa o “pedido de demissão” do chefe da Casa Civil, Hélio Doyle, na última quarta-feira (10).

Antes de me aprofundar no assunto, quero compartilhar a reação que pronunciei apenas para mim, mas com uma convicção de silenciar tudo à minha volta: “Esta é mais uma chance para Brasília!”.

Personagem de destacada atuação na campanha do governador Rodrigo Rollemberg, Hélio Doyle refirmou a sua capacidade para entrar no Palácio do Buriti pela porta da frente e ser convidado a se retirar pela porta dos fundos, muito antes do fim dos governos de Cristovam Buarque, Joaquim Roriz e Rodrigo Rollemberg. Dessa vez, o ex-chefe da Casa Civil ocupou um telejornal da principal emissora para acusar o Poder Legislativo local de práticas não republicanas. Hélio Doyle fez isso sem prova nenhuma, como ele mesmo admitiu. Acusou os parlamentares de fazerem lobby a favor de empresas, de pedirem cargos e outras coisas mais. Infelizmente, a prática do lobby no Brasil ainda não foi regulamentada, ao contrário do que há nos Estados Unidos. Para se fazer justiça, o então senador Marco Maciel, há mais de 25 anos, fez proposta neste sentido no Senado, a fim de disciplinar o lobby de grupos sociais e de empresas. Se a atividade estivesse regulamentada, Doyle estaria em maus lençóis e teria de provar as acusações.

Ação será nesta terça-feira (26), em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Glaucoma
Pacientes que esperam na fila da regulação por uma consulta com um oftalmologista na rede pública de saúde do Distrito Federal serão atendidos nesta terça-feira (26), durante o mutirão de oftalmologia. Ao todo, 300 pessoas identificadas, conforme a classificação de risco, como vermelho e amarelo serão atendidas no Hospital Regional de Taguatinga (HRT), no Hospital Universitário de Brasília (HUB) e no Hospital de Base.

Atualmente, cerca de 2 mil pacientes esperam por uma consulta com oftalmologista na rede pública de saúde do DF. "Com essa ação, vamos atender todos os pacientes classificados de vermelho. Para o atendimento, contaremos com profissionais dos hospitais e também de oftalmologistas voluntários que não são da rede", conta a coordenadora de Oftalmologia da pasta, Adriana Sobral.

O atendimento foi dividido por igual entre os três hospitais que recebem o mutirão, sendo que cada um atenderá 50 pacientes pela manhã e 50 durante a tarde. "Estamos programando um outro mutirão para breve, mas ainda não temos data", frisa a coordenadora.

A ação faz parte da celebração do Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, comemorado em todo 26 de maio.
Tecnologia do Blogger.